(77) 3455-2318 | (77) 3455-2272
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 67

Sexta, 03 Março 2017 01:42

Tem dúvidas se deve ou não declarar o Imposto de Renda 2017?

Tem dúvidas se deve ou não declarar o Imposto de Renda 2017?

Se você está em dúvidas se deve ou não declarar o Imposto de Renda 2017 se ligue nas orientações que preparamos abaixo e veja em qual delas você se encontra.

O Governo criou uma tabela com os valores de rendimento mínimo para que o cidadão possa se certificar se enquadra em tal faixa dos declarantes obrigatórios ou não do IPRF 2017, esse rendimento deve ser declarado anualmente. Nesse ano de 2017, a tabela do IRPF 2017 não foi reajustada, o que representa uma perda real para o trabalhador, que em geral, terá de pagar mais impostos, mesmo com o seu poder aquisitivo não tendo subido no último ano. Veja abaixo a tabela:

Tabela do Imposto de Renda 2017

Base de cálculo (R$)

Alíquota (%)

Parcela a deduzir do IRPF (R$)

Até 22.847,76

Isento

Isento

De 22.847,77 até 33.919,80

7,5

1.713,58

De 33.919,81 até 45.012,60

15

4.257,57

De 45.012,61 até 55.976,16

22,5

7.633,51

Acima de 55.976,16

27,5

10.432,32

*Consideram-se, para efeitos de contribuição, os rendimentos do ano-calendário de 2016.

Confira abaixo a tabela de contribuições com as alíquotas mensais de pagamento do imposto incidente sobre os rendimentos mensais do trabalhador assalariado.

O valor recolhido do imposto de renda 2017 tem como objetivo ser usado para a realização e investimento de melhorias públicas, tais como esporte, desenvolvimento social, educação, saúde e em diversas obras voltadas a infraestrutura de ruas, avenidas e estradas.

O que se nota no geral é que apesar de existir recolhimento para isto, não há melhorias nos serviços públicos, inclusive na saúde e educação que anda cada vez mais precária.

Porém; a mentalidade do cidadão brasileiro está mudando, e estamos tendo coragem de reivindicar nossos direitos e de tomarmos atitudes de cobrar das autoridades eleitas o destino de todos os impostos e recolhimentos.

Um dos direitos que você já pode cobrar é a restituição do seu IR 2017, caso já tenha contribuído este ano e teve rendimentos retidos na fonte. As restituições correspondem a valores de impostos pagos retidos na fonte a maior do que o que o trabalhador realmente teria de contribuir. Para saber se você tem direito, acesse o site da Receita Federal e saiba se você tem direito a receber as restituições do leão.

Para fazer a simulação do imposto de renda basta acessar o site da receita federal através deste link www.receita.fazenda.gov.br/ aonde irá informar todas as informações solicitadas, uma coisa importante que você precisa saber é que só é possível fazer a simulação do imposto de renda 2017 com base no ano de 2016.

declaração do imposto de renda 2017 já pode ser feita através do site da Receita Federal á partir de hoje dia 01 de março e vai até o dia 28 de abril. Para não ter erro nem perder tempo, confira abaixo o passo a passo:

  1. Primeiro você deve fazer a separação de todos os seus documentos que são exigidos para que faça a declaração do imposto de renda 2017, tais documentos como comprovante de rendimentos todas as fontes de rendimento devem ser declaradas, como salários, aposentadorias, alugueis e outros investimentos, informe os comprovantes de compra de bens, tais como imóvel ou carro.
  2. Após essa primeira etapa acesse o site da receita federal e faça download de um programa na própria pagina chamado de Gerador de Declaração, conhecido também como PGD.
  3. Preencha todos os dados e informações solicitadas, escolha o tipo de declaração que é dividida entre simplificada e completa, a próxima é última etapa e o envio da documentação é rápido, simples e fácil.

Portanto; se após obtiver todas as informações do passo a passo acima ainda lhe restar dúvidas ou tiver dificuldades. Peça ajuda a um contador mais próximo para que faça seu imposto de renda, mas lembre-se que assim como a declaração é obrigatória e importante, cobrar nossos direitos também é muito importante e de responsabilidade nossa como cidadão.

Deixe um comentário